Parceria

6 de setembro de 2013

Notícia Velha: Ben Aflleck é novo Batman, e daí?

A notícia que tem rodado o universo nerd é a oficialização de que Ben Affleck assinou contrato com a Warner para ser o novo Batman nos cinemas. Após as inúmeras declarações de Christian Bale de que não vestiria mais o manto do morcego, diversos nomes passaram a ser cogitados por fãs. A própria Warner declarou que Josh Brolin e Ryan Gosling chegaram a ser cotados. Bem, Josh Brolin é um ator mais velho, maduro e elegante, certamente convenceria como um Bruce Wayne mais velho para uma nova saga, talvez até mais que o próprio Bale. No entanto, eu torceria o nariz para Gosling , muito mais do que todo o desdém feito pelos fãs quanto à Affleck.
Apesar de todas as piadas que tem circulado na internet sobre a eleição de Ben Affleck, será que é tão ruim assim? Os fãs tendem a ser muito exigentes com a escolha de quem representará seu maior ídolo, mas historicamente temos exemplos de que isso pode se contornado, se ele conseguir fazer um bom trabalho. Vejamos alguns fatos que podem corroborar para essa tese ou se contrapor a ela:
A Warner fez uma tremenda cagada (para os fãs) quando criou o filme e a série psicodélica dos anos de 1960, mas foi um sucesso e alavancou as vendas da própria DC nas HQ's. Eu continuo odiando-a, mas o que importa para a Warner é $$ e isso, ganhou bastante.
Quando foi divulgado que o ator de comédia, Michael Keaton tinha sido escolhido por Tim Burton para ser o Homem-Morcego no filme de 1989, que celebrava os 50 anos do herói, os fãs enviaram milhares de cartas aos estúdios da Warner pedindo para mudar o ator principal. Fato foi que o longa virou sucesso, ganhou sequência e criou inúmeros novos fãs - eu tinha apenas 4 anos de idade e foi justamente esse filme que me fez virar fã incondicional do Morcegão.
Quando declararam que Val Kilmer seria o herdeiro do capuz do Batman, muitos disseram que ele tinha mais cara de Batman do que Keaton e o filme foi um insucesso. Pior aconteceu com George Clooney que, ao assumir como Bruce Wayne, foi colocado num pedestal: cara de bom moço, elegante, um charme no melhor estilo "James Bond" e estava em alta na carreira como o Dr. Ross de E.R. (Plantão Médico). O filme ficou um lixo e foi um fracasso nas bilheterias. A culpa foi principalmente de Joel Schumacher como diretor, mas o elenco ficou queimado.
Quando anunciaram Christian Bale como Batman, houve uma anestesia geral... os fãs não sabiam como reagir, mas ficaram encantados com a proposta de recomeçar a saga nos cinemas e focar um pouco mais no drama do homem por trás da máscara. Bale é reconhecido por fazer o esforço necessário para se transformar no personagem, um ator de verdade, nas sua essência. Talvez o melhor Batman que jamais existirá. Bale convenceu em Batman Begins (de 2005) e os fãs estavam estasiados. Mas, com a declaração de que, no segundo filme, o Coringa seria interpretado por Heath Ledger, os fãs protestaram: "O que??? O Coringa vai ser aquele ator mediano de comédias românticas e que fez Brokeback Mountain???". Bem, por causa dele, o filme é o melhor da saga, um dos melhores de todos os tempos e ainda venceu do Oscar de Melhor Ator mesmo depois de morto. Aí veio o mesmo drama quando declararam que Anne Hathaway seria a Mulher-Gato em Dark Knight Rises e deu tudo certo.
Para quem é mais fã da Marvel, deve se lembrar como o público foi resistente para a escolha de Hugh Jackman como Wolverine: "ele não é um baixinho truculento e raivoso, e ainda faz musicais na Broadway". Bem, já interpretou o personagem 6 vezes e não pretende largá-lo tão cedo.

Agora é Ben Affleck com a proposta de enfrentar o primeiro filme de Batman e Superman nas telonas e mais filmes solo. Sua escolha seria tão ruim assim? Como diretor ele tem se saído muito bem, mas como ator ainda não me convence muito. Mas o que pode dar errado? Ele está mais velho e mais maduro como ator, tem um bom porte físico, já fez filmes de ação e já interpretou um super-herói (O Demolidor, de 2003) - apesar de ter sido um fracasso, ele tem um queixo a la Buzz Lightyear, o que remete aos clássicos desenhos de heróis, tem títulos louváveis e rentáveis nos cinemas. No entanto, falta para ele a referência a personagens psicóticos, raivosos, que impõe medo aos seus adversários. Do meu ponto de vista, esse é o real motivo de os fãs não estarem aceitando muito bem... Sob esse aspecto, até Clint Eastwood, com seus 83 anos convenceria mais que Affleck. 
O que quero mostrar é que um ator aparentemente mediano sempre pode nos surpreender com um excelente trabalho, visto que o contrário também é válido. O que eu digo é "deixem o homem trabalhar", depois vemos os resultados.

E você, o que acha de Ben Affleck como Batman? Deixe seu comentário!
Postar um comentário

Poderá gostar também:

Receba no seu e-mail - Cadastre-se!

Mais Lidos do blog