Parceria

26 de novembro de 2011

Kopeck (2011)

Estreou no dia 24 de novembro, na sala P. F. Gastal, em Porto Alegre, o filme "Kopeck". O curta, de apenas 12 minutos e 40 segundos de duração, venceu o Prêmio de Melhor Produção na Mostra Gaúcha do Festival de Gramado de 2011. Kopeck é a mais nova obra de Jaime Lerner, diretor já premiado pelo curta metragem "Subsolo" (2008).
Segundo a sinopse, Jarvis é um bancário que sonha escrever um grande romance. Sua frustração surge do desejo se expressar e ser reconhecido pelas grandes histórias que não consegue contar. O filme trata de memórias emprestadas, sonhos não realizados, ambições frustradas, luto e, no meio de todos estes sentimentos, uma descoberta transformadora. É um curta, se contar mais perde a graça.

O filme é produzido por Cíntia Rodrigues, da Manga Rosa Filmes, e traz no elenco o ator gaúcho Lui Strassburger e a atriz portenha Celina Fuks. O curta emociona com sua bela fotografia e efeitos visuais de excelente qualidade. A trilha sonora não deixa por menos. Não seria de se surpreender se, em breve, ganhar outros prêmios no circuito nacional e internacional.
Durante o evento de estreia, tive a oportunidade de conversar com o diretor Jaime Lerner. Na ocasião, comentou que além das expectativas com o novo curta, dois projetos estão em finalização para lançamento em 2012: um longa documentário sobre o polêmico referendo do desarmamento no Brasil, em 2004; e outro que mescla documentário e ficção sobre o escritor Dyonélio Machado, com toque inusitado na narrativa.

Por um motivo especial, meu nome aparece nos agradecimentos do filme, algo que eu não esperava, mas que me deixou comovido. Ficamos na torcida pelo sucesso do curta e na expectativa dos novos projetos de Lerner e da Manga Rosa Filmes.
Assim que possível, disponibilizarei o trailer.


Postar um comentário

Receba no seu e-mail - Cadastre-se!

Mais Lidos do blog