Parceria

11 de julho de 2011

Dorian Gray (2009)


"Dorian Gray" é a segunda adaptação da famosa obra literária de Oscar Wilde, O Retrato de Dorian Gray, tendo sua primeira adaptação em 1945.

A história se passa na Inglaterra Vitoriana, onde Dorian (Ben Barnes) possui uma beleza incomparável, atraindo o olhar de todos ao seu redor. Basil Hallward (Ben Chaplin) é um pintor que, fissurado por Dorian, pinta um perfeito retrato do garoto. Dorian decide trocar sua alma por sua beleza: enquanto ele permanece sempre jovem, seu retrato envelhece no seu lugar.

Mesmo tendo assegurado sua beleza pela eternidade, Dorian é uma pessoa insatisfeita e infeliz. Após a morte de sua primeira esposa, ele se torna promíscuo e amargo.

Apesar de não ser uma adaptação fiel à obra e nem à primeira adaptação, "Dorian Gray" traz o mesmo enfoque que o livro nos apresenta: a fragilidade humana, as consequências da corrupção moral e a obsessão.


A obra traz Collin Firth no elenco, mas os atores não são um exemplo de competência. As peças históricas, entretanto, como figurino e linguagem, estão de acordo com a época. Maquiagem e fotografia também não superam as expectativas.

Apesar de detalhes técnicos, a adaptação é agradável e faz valer a pena assistir, pelo menos, para conhecer essa história fantástica do Oliver Wilde.




Postar um comentário

Poderá gostar também:

Receba no seu e-mail - Cadastre-se!

Mais Lidos do blog