Parceria

26 de abril de 2011

UMA LIÇÃO DE AMOR (I'M SAM, 2001)

Filmes são como pequenos pedacinhos que, quando unidos, nos agradam. Acredito que, por isso, eu não seja o único a gostar de trilhas sonoras. Nesse caso, a trilha de Uma Lição de Amor é recheada de Beatles. Para quem gosta de uma boa música, este é um bom filme, com certeza.

A história podia até ser mais complicada, porém foi feita na medida certa para se ter um bom filme. Sam (Sean Penn), um homem com problemas mentais, está na luta pela custódia de sua filha, Lucy. A questão toda está diante do fato de sua filha, de 7 anos, começar a superar a "inteligência" do pai e se recusar a ser mais inteligente que ele. O filme demonstra bem a passagem de tempo e a evolução de Lucy, assim como o amor paterno que ele tem por ela.

Para melhorar a situação, Sam procura a "melhor" advogada da região, Rita (Michelle Pfeiffer). Ela, no início, se recusa a aceitar o caso, não deixando claro o porquê, embora, com muito jeito, Sam a "convence" a assumir o seu caso de lutar a seu lado para reaver a guarda da filha. Além dessa ajuda, ele conta com ajuda de vários amigos, também com problemas mentais. Falando nisso, um deles é viciado em filmes. Outra ajuda explícita é de uma vizinha de Sam, que o ajuda a cuidar da recém-nascida e ensina muito a ela e a ele também.

A história toda se desenvolve de maneira calma e, algumas vezes, cômica. Rita, a advogada, consegue transferir uma imagem de mulher sem problemas mentais, mas com problemas familiares, o que não existia na vida de Sam. O que faz do filme uma verdadeira lição de amor.

Com uma atuação inquestionável, Sean Penn foi indicado ao Oscar como melhor ator. Alias, esse filme é cheio de indicações e boas críticas. Vale a pena assisitir se você gosta de filmes emocionantes, mas não muito melosos, com diversão e uma vasta lista de qualidades. Além da trilha sonora que vale a pena em cada faixa musical.



Já assistiram? Comentem!

Postar um comentário

Poderá gostar também:

Receba no seu e-mail - Cadastre-se!

Mais Lidos do blog