Parceria

3 de março de 2011

TOP 10 FILMES SOBRE VIAJANTES

Viajar é ter a oportunidade de desbravar o desconhecido, conhecer outras culturas e a si mesmo.
Quem tiver a chance de viajar nesse feriado prolongado sabe o quanto é bom fugir da rotina e conhecer lugares e pessoas surpreendentes no caminho.
Essa lista inclui 10 filmes sobre viajantes que partem para longas jornadas pelos mais diversos motivos: reencontrar um parente distante, buscar melhores condições de vida, ir atrás de uma aventura inesquecível ou simplesmente apreciar paisagens (e companhias) deslumbrantes.
Espero que gostem, e boa viagem!

10) SEM DESTINO (Easy Rider, 1969)

Wyatt e Billy são dois motoqueiros hippies que resolvem contrabandear drogas para financiar a viagem deles pelos EUA até o famoso festival de Mardis Gras. No caminho eles encontram mochileiros, um advogado bêbado, uma cela de prisão e paisagens incríveis.
Esse filme é considerado um clássico nos EUA por mostrar uma época pós-guerra repleta de ideais de contra-cultura e busca por mudanças sociais e liberdade individual. Apesar da mensagem filosófica, é um filme muito bom... atenção especial deve ser dada à trilha sonora e ao visual de tirar o fôlego.





9) PRISCILLA, A RAINHA DO DESERTO (The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert, 1994)

Nesse filme que marcou a década de 90, conhecemos a história de um transsexual que se junta a duas drag queens para viajar através do deserto australiano no ônibus carinhosamente chamado de "Priscilla". O objetivo da viagem é fazer uma apresentação em um cabaré do outro lado do país. No caminho eles encontram todo tipo de situações absurdas e pessoas tão fora do comum quanto eles.
As atuações são o ponto alto dessa produção vinda da Austrália, o diálogo é repleto de momentos cômicos, os números musicais por si só já valem a pena, e o filme é uma aula de diversidade e aceitação.




8) CINEMA, ASPIRINAS E URUBUS (2005)

Em 1942, o solitário alemão Johann viaja pelas estradas áridas do Nordeste brasileiro como vendedor de aspirina em pequenos povoados. Ele conhece Ranulpho (o ótimo ator João Miguel) que pretende ir para o Rio de Janeiro atrás de uma vida melhor, e Johann resolve dar carona para ele. Enquanto viajam juntos eles se tornam amigos, mas quando o Brasil declara guerra à Alemanha Johann precisa decidir se voltará para seu país natal ou ficar no Brasil em um campo de concentração.
Trata-se de um filme simples e realista... um retrato da amizade entre pessoas com origens bastante diferentes. A fotografia do filme captura muito bem a dura realidade do Nordeste. Vale a pena assistir também "Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo", do mesmo diretor Marcelo Gomes e com temática semelhante.


7) UMA HISTÓRIA REAL (The Straight Story, 1999)

Nesse filme de David Lynch, Alvin Straight é um senhor de idade que leva uma vida pacata em uma cidade do interior americano. Quando seu irmão fica seriamente doente, ele decide deixar de lado as diferenças e visitá-lo depois de muitos anos. Sozinho, ele dá início a uma longa jornada por centenas de quilômetros para rever o irmão, mesmo que esta seja a última coisa que ele faça.
Como o próprio nome já diz, "Uma História Real" é baseado em fatos verídicos. A idéia de um filme sobre um senhor de idade viajando pelos EUA pode parecer entediante, mas as pessoas e situações que acontecem durante a jornada são notáveis. Preste atenção na bela fotografia e na atuação do protagonista Ricarhd Farnsworth, que infelizmente cometeu suicídio pouco tempo depois de ser indicado ao Oscar por este filme.



6) DIÁRIOS DE MOTOCICLETA (2004)

"Diários de Motocicleta" é uma adaptação do diário escrito por Ernesto "Che" Guevara quando ele tinha 23 anos de idade. Che e seu amigo Alberto Granado são típicos estudantes universitários que resolvem ir atrás de diversão e aventura antes de se formarem. Partem então para uma viagem através da Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Venezuela. Ambos começam a viagem com os mesmos objetivos, mas no final do filme fica claro que cada um deles seguirá seu próprio destino.
Independente da opinião sobre Che Guevarra, esse não é um filme com propaganda comunista. E não se pode negar que o grande triunfo é a atuação do Gael Garcia Bernal. Ironicamente, o filme consegue alcançar um dos objetivos de Che, que era ter um continente unificado: o diretor Walter Salles é brasileiro, o protagonista é mexicano, temos uma atriz e ator coadjuvante argentinos, o roteirista é de Porto Rico e o produtor é norte-americano.

5) NA NATUREZA SELVAGEM (Into The Wild, 2007)

Baseado em uma história real. Após se formar em uma universidade norte-americana de renome, o aluno e atleta brilhante Christopher McCandless decide abandonar suas posses, doar sua poupança de $24.000 para a caridade e desbravar a vida selvagem no Alasca. No caminho, Christopher encontra várias pessoas que acabam moldando sua personalidade.
"Na Natureza Selvagem" é um filme emocionante e belíssimo, que nos transporta para a mente de um jovem que resolve abandonar a tudo e a todos para ir atrás dos seus ideais. A direção do Sean Penn é impecável, assim como a atuação do Emile Hirsch. Altamente recomendado.




4) UP - ALTAS AVENTURAS (Up, 2009)

O jovem Carl Fredrickson conhece a jovem aventureira Ellie. Ambos sonham um dia conhecerem a beleza da América do Sul. 70 anos depois, após a morte de Ellie, o ranzinza senhor Carl se lembra da promessa feita à esposa e resolve voar (literalmente) com sua casa na companhia do garoto Russell em busca do destino incerto.
Eu sempre fui fã das animações da Pixar, e essa é certamente a melhor de todas. Foi a única vez que vi uma platéia inteira chorando diante de uma animação. O filme tem de tudo: uma história emocionante, efeitos especiais e cenários de tirar o fôlego, ação, comédia... a combinação de tudo isso transforma "Up" em um filme inesquecível. Merecidamente ganhou o Oscar de melhor animação e de melhor trilha sonora original.



3) CENTRAL DO BRASIL (1998)

"Central do Brasil" narra a emocionante jornada de Dora, que escreve cartas para os analfabetos na estação de trem carioca Central do Brasil, e o garoto Josué. Quando a mãe de Josué falece em um acidente de carro, Dora resolve acompanhá-lo em uma longa viagem até o Nordeste em busca do pai que o garoto jamais conheceu.
O filme mostra a drástica realidade e desigualdade social tanto nas capitais quanto no interior do Brasil. É a história de um garoto em busca do seu pai, e uma senhora em busca de uma segunda chance. A relação entre os dois: distante no começo, e materna no final, rende momentos emocionantes e nos faz pensar sobre a importância da vida. Certamente foi um marco na carreira da grande atriz Fernanda Montenegro (inclusive lhe rendeu uma indicação ao Oscar), e o filme merecidamente ganhou inúmeros prêmios em festivais ao redor do mundo, incluindo a indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

2) E SUA MÃE TAMBÉM (Y Tu Mamá También, 2001)

Os adolescentes Tenoch e Júlio ficam felizes ao se verem livres das namoradas durante o verão mexicano. Essa liberdade dá a eles a chance de conhecer Luisa, uma moça mais velha e experiente. Tentando impressioná-la, os amigos dizem a Luisa que pretendem viajar para a bela (e secreta) praia conhecida como Boca del Cielo. Intrigada pela história dos dois e interessada na aventura, Luisa pede para juntar-se a eles na viagem. Logo os três saem da Cidade do México e iniciam a jornada em direção ao destino fictício. No caminho encontram sedução, discussões e o contraste entre eles e a dura realidade do interior do país.
"E Sua Mãe Também" é na verdade muito mais que um simples "road movie": trata de assuntos como a descoberta da sexualidade pelos adolescentes, a instabilidade política no país e diferenças sociais. Trata-se de um dos melhores filmes mexicanos de todos os tempos, com ótimas atuações, bela fotografia e uma história com a qual muitos vão se identificar.

1) ENCONTROS E DESENCONTROS (Lost in Translation, 2003)

Bob Harris é um ator americano em decadência. Ele visita Tóquio para aparecer em comerciais de TV e acaba conhecendo Charlotte, a jovem esposa de um fotógrafo. Entediados e à toa, Bob e Charlotte se tornam companheiros inusitados de viagem . Charlotte está procurando por um sentido na vida, e Bob está tolerando um casamento medíocre. Em Tóquio, ambos passam por situações confusas e divertidas por causa da diferença de cultura e idioma. À medida que o relacionamento entre Bob e Charlotte se estreita, eles se dão conta que a visita dos dois ao Japão em breve chegará ao fim. Ou será que não?
Postar um comentário

Receba no seu e-mail - Cadastre-se!

Mais Lidos do blog