7 de agosto de 2010

Top 10 Filmes para o Dia dos Pais

Sofia e Francis Ford Copolla
ah! Dia dos pais! E nada ilustra tão bem a influência de um pai para um cinéfilo quanto a família Copolla.

Bem, o objetivo aqui é divulgar uma lista criteriosa de 10 filmes para assistir com o papai. Qual o critério? A lista é sugerida com base nas obras em que a relação entre pai e filho é imprescindível para a trama. Poderíamos citar uma infinidade aqui, mas deixamos isso para os comentários!

De trás para frente, porque assim é mais legal!

10º - O PODERSOS CHEFÃO - PARTE I (Godfather - part I)

Foi por causa do amor e respeito pelo pai que Michael Corleone decide assumir os negócios da família e se tornar o novo Dom. Mais do que isso, tudo o que Michael sabe sobre ser um Dom, ele aprendeu com seu pai, Vito.


9º - O RETORNO DE JEDI (Star Wars - Return of the Jedi)

Dando continuidade à saga após descobrir que seu arquinimigo, Darth Vader, é seu pai, Luke Skywalker demonstra seu amor de filho Jedi tentando salvar seu pai do lado negro da Força. No fim, Vader salva Luke das mãos do imperador e se reconcilia com o filho, voltando a ser Anakin Skywalker... é de chorar.


8º - ENSINANDO A VIVER (The Martian Child)

A sensível história de um escritor que fica viúvo e, para ter uma família, resolve ser pai solteiro, adotando um menino que acredita ser marciano. A confiança mútua é um trabalho penoso em uma amizade para a vida inteira.


7º - O PAI DA NOIVA (Father of the Bride)

Como não enlouquecer junto das atrapalhadas e do ciúme desse pai coruja? A síndrome do ninho vazio é retratada de forma irreverente neste Clássico da Sessão da Tarde. Este filme faz qualquer pai de filha chorar.


6º - O DIA DEPOIS DE AMANHÃ (The Day After Tomorrow)

Como não entrar nesta lista? O pai atravessa o país inteiro para salvar o filho da maior friaca que os Estados Unidos já passaram na história do Cinema.


5º - EM NOME DO PAI (In Name of the Father)

No momento em que pai e filho lutam juntos para provar a sua inocência, o filho encontra no pai uma força interior que ele desconhecia e passa a admirá-lo e respeitá-lo. Imperdível.


4º - COMANDO PARA MATAR (Commando)

Indiscutível! Esta obra de arte, mesmo tão medíocre, abriu portas para o gênero de filmes com pais perfeitos e solteiros que criam filhas inocentes e indefesas que são sequestradas por supervilões. Como Schwarzenegger resolve isso? Matando todo mundo e explodindo tudo, é claro!


3º - MEU PAI, MEU FILHO (Aime Ton Père)

A tensa história sobre um pai que desesperadamente sequestra o próprio filho para tentar solucionar os conflitos entre os dois, merece destaque importante nesta seleção... ainda mais com o Gérard Depardieu contracenando com o próprio filho, Guillaume.


2º - UM DIA DE FÚRIA (Falling Down)

Quer realmente saber do que um pai é capaz para ficar com a filha no dia do aniversário dela? Destruir tudo e todos que estão na sua frente pode ser a solução para conseguir dar um abraço e entregar o presente dela.


1º - UMA BABÁ QUASE PERFEITA (Mrs. Doubtfire)

Dia dos pais é um dia alegre que deve reforçar os sentimentos de amor e respeito por aquele que aprendemos a ver como nosso melhor amigo, modelo e herói. Aquele por quem faríamos qualquer coisa e que sabemos sabemos que seria capaz de tudo pelo nosso bem. Por isso, esta seleção só poderia encerrar com o exemplo de um pai que enganaria todo mundo se passando por uma velhinha só para ficar perto dos filhos. Excelente atuação de Robin Williams.


E então, o que achou da lista? Acha que deveria ter outros filmes? Comente! Tenha um ótimo Dia dos Pais!

5 comentários:

Diego Paulista disse...

Po! Comando para matar!! Que beleza! Poderia até ter investido mais nesses clássicos Sylvester Stalone e Van Damme. hehehehhe

Mas Poderoso Chefão, mandou muito bem!

Luiz Jacomini disse...

Ótima seleção. Nesse mesmo estilo de pais que salvam as filhas de vilões, aconselho que vejam Taken, com Liam Neeson. É muito bom o filme.

Cinem Sem Frescura disse...

Taken, assim como Duro de MAtar 4.0, surgiu como opção, mas precisávamos ir à fonte rsrsrs. Taken ficou realmente muito bom, ótima dica do Luiz.

Vinicio disse...

É isso aí, eu definitivamente incluiria Taken na lista. Mas tiraria o Martian Child e colocaria o Parenthood com o Steve Martin, que em português ganhou o clássico título de "O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra", hehehehe. Eu teria colocado O Poderoso Chefão em primeiro. Não que eu seja um Godfather fanboy, mas ficar em último? Francamente...

Graziela disse...

Ótima escolha de Top 10. Pra mim, os melhores são Uma Babá Quase Perfeita que merece o primeiro lugar e O Pai da Noiva..
Mto bons!

Receba no seu e-mail - Cadastre-se!

Mais Lidos do blog